IERONIMO FREYRE SERRAM natural de Evora donde passando à Universidade de Coimbra se aplicou à Jurisprudencia Cesarea em que recebeo o grao de Bacharel, a qual practicou no lugar de Juiz de fora da Villa de Montemòr o novo com grande dezinteresse, e equidade. Teve natural genio para a Poesia como tambem para o estudo da Historia sagrada, e profana. Falleceo na Patria no anno de 1651. Delle faz mençaõ o P. Foncec. Evor. glor. p. 412. Compoz.

Discurso politico da excellencia, e aborrecimento, perseguiçaõ, e zelo da verdade, em que tambem se trata das cauzas, e rezoens porque Deos castigou este Reyno, e da misericordiosa lembranca que delle teve na justa restituiçaõ delRey N. Senhor D. Ioaõ IV. o dezejado libertador da patria Felice, Pio, sempre augusto Monarcha da Lusitania. Lisboa por Lourenço Anveres. 1647. 4. No fim tem huma Ode Lusitana à Aclamaçaõ do mesmo Monarcha, e sinco sonetos às sinco emprezas com que o Duque D. Theodozio entrou em Lisboa na sua Galeota quando em Lisboa estava Filippe III.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]