P. IERONIMO ALVARES natural de Evora filho de Francisco Alvares, e Anna Rodriguez. Resoluto a abraçar o instituto da Companhia de JESUS procurou com grande empenho o inimigo commum impedir-lhe taõ santo intento apparecendolhe na figura de seu Pay defunto, porem triunfando das suas astucias recebeo a roupeta no Collegio da sua Patria a 15 de Fevereiro de 1578. Tantos foraõ os progressos, que fez o seu agudo engenho nas sciencias sagradas, e profanas, que depois de ser admitido ao numero dos Doutores Theologos da Universidade de Evora a 8 de Dezembro de 1603. leu nella a Cadeira da Escritura, e foy Cancellario da mesma Universidade. Governou os Collegios de Lisboa, e Coimbra em cujos lugares fez exactamente observar os preceitos religiosos. Faleceo em o Collegio de Evora a 20 de Ianeiro de 1624. com 60 annos de idade e 47 de Companhia. Delle fazem memoria Nadasi Ann. dier. mem. S. J. Part. 1. pag. 37. col. 1. Joan. Soar. de Brito Theatr. Lusit. Liter. lit. H. n. 12. Franco Imag. da Virtud. em o Nov. de Evor. liv. 1. cap. 29. n. 9. e 10. e pag. 867. e Ann. Glorios. S. J. in Lusit. pag. 36. Fonceca Evor. Glorios. pag. 432. Traduzio de Italiano do Padre Virgilio Cepari Iesuita em Portuguez.

Vida do B. Luiz Gonzaga. Lisboa por Pedro Crasbeeck. 1610. 4. a qual tinha sido traduzida em latim pelo Padre Ioaõ Horrion; em Francez pelo Padre Antonio Balinghen, e em Castelhano pelo Padre Ioaõ de Lugo, que depois foy Cardial da Igreja Romana todos da Companhia de IESUS.

Historia da Companhia de JESUS em o Reyno de Portugal escrita por Anaes em o anno de 1619. M. S. Esta se formou das Memorias, que deixou o Padre Alvaro Lobo da mesma Companhia.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]