IERONIMO AFFONSO BOTELHO natural da Villa da Idanha nova do Bispado da Guarda, e filho de Manoel Fernandes Ramos, e Izabel Affonso. Depois de ser Collegial Theologo no celebre Collegio da Purificaçaõ de Evora onde mostrou o talento, que tinha para as sciencias severas foy admitido à Ordem militar de S. Tiago em o Real Convento de Palmella em o primeiro de Janeiro de 1713. sendo Prior mór o Illustrissimo D. Jozeph Pereira de Lacerda que depois foy Cardial da Igreja Romana. Havendo exercitado o magisterio de Theologia Moral em o seu Convento, e de Orador Evangelico em os pulpitos mais authorizados foy provido na Igreja Parochial de Santa Maria da Graça da Villa de Setubal onde presentemente assiste às suas ovelhas como pastor vigilante sendo Comissario do Santo Officio. Publicou.

Sermaõ do Calvario ao recolher a procissaõ dos Passos na Igreja de Santa Maria de Setubal. Lisboa por Pedro Ferreira Impressor da Raynha N. Senhora. 1735. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]