FRANCISCO SARAIVA DE SOUZA natural da Villa de Trancoso do Bispado de Viseu em a Provincia da Beira. Applicou-se em a Universidade de Coimbra à Faculdade dos Sagrados Canones em que recebeo o grào de Licenciado. A sua Litteratura acompanhada de procedimento inculpavel o fez digno de ser Parocho de N. Senhora dos Martyres de Lisboa, e Confessor das Religiosas do Serafico Convento de Santa Martha da mesma Cidade. Foy muito versado na Theologia Mystica, e na lição dos Santos Padres. Compoz

Baculo Pastoral de flores de exemplos colhidos de varia, e authentica historia espiritual sobre a doutrina Christãa. Dedicado ao Serenissimo Senhor D. Theodosio II. deste nome Duque de Bragança. Lisboa por Pedro Craesbeeck. 1624. 4. & ibi por Henrique Valente de Oliveira. 1657. 4. Acrecentado com o Auto de Contriçaõ composto por Fr. Francisco de Azevedo Cõmissario da Ordem Terceira do Carmo, e com a Historia do Purgatorio de S. Patricio. Lisboa por Antonio Rodrigues de Abreu. 1676. 4. & ibi por Joaõ Galraõ. 1682. 4. & ibi pelo dito Impressor. 1690. 4. & ibi por Antonio Pedrozo Galraõ. 1698. 4. & ibi pelo dito Impressor. 1708. e 1719. 4.

Parte segunda. Lisboa por Antonio Pedrozo Galraõ. 1708. 4.

Soneto em applauso de Gaspar Pinto Correa Author do Livro intitulado Lacrymae Lusitanorum. Impresso no principio desta obra. Ulyssipone apud Petrum Crasbeeck. 1613. 8.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]