ANTONIO BARNABÉ D’ELESCANO BARRETO E ARAGÃO, Bacharel formado em Direito pela Univ. de Coimbra, etc. – E.

455) Historia da Jurisprudencia Natural desde a sua origem até aos seus progressos, perfeição, e estado actual, considerada como uma necessaria e utilissima sciencia. Lisboa, por Antonio Rodrigues Galhardo 1771. 8.º de 72 pag.

456) Cathecismo Historico, ou Compendio da Historia Sagrada e Doutrina Christã composto em francez pelo Abbade de Fleury, trad. em vulgar. Lisboa, 1774. 8.º 2 vol.

457) A Elrei Fidelissimo D. José I no faustissimo dia dos seus annos e inauguração da sua Real Estatua. Ode epodaica. Lisboa, Typ. Regia 1775. 4.º de 10 pag. Seguida de um Epigramma latino ao Marquez de Pombal.

458) Demetrio moderno, ou o Bibliographo Juridico Portuguez; o qual em uma breve dissertação historica e critica, propõe e dá uma clara e distincta idéa das preciosas reliquias e authenticos monumentos antigos e modernos da Legislação Portugueza, e egualmente de todos os livros e obras dos Jurisconsultos e Escriptores Reinicolas theoricos e practicos etc. Lisboa na Off. de Lino da Silva Godinho, 1781. 8.º gr. de X‑216 pag.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]