P. FRANCISCO PIRES natural da Villa de Celorico em o Bispado da Guarda, e Religioso da Companhia de JESUS cuja Roupeta recebeo em o Collegio de Coimbra a 24. de Fevereiro de 1548. Inflamado no zelo da salvaçaõ das Almas foy hum dos celebres Operarios que no anno de 1550. partiraõ de Lisboa para o Brasil a cultivar taõ dilatada vinha. As suas ardentes oraçoens se deve a fonte de agua, que rebentou debaixo do Altar de Nossa Senhora da Ajuda situado na Capitania do Porto Seguro hum dos mais devotos Sanctuarios que se veneraõ na America o qual foy edificado por sua incansavel diligencia. Foy Reytor do Collegio da Bahia onde depois de exercitar as obrigaçoens de Varaõ Apostolico das quaes para a sua immortal gloria faz huma larga narraçaõ o V. P. Jozè de Anchieta Thaumaturgo daquella Regiaõ, espirou placidamente a 12. de Janeiro de 1586. Merecidos encomios lhe tributaõ Cardos. Agiol. Lusit. Tom. 1. p. 120. e no Cõment. de 12. de Jan. letr. H. Telles Chron. da Companh. de JESUS da Prov. de Portug. Part. 1. liv. 3. cap. 13. §. 5 . Orland. Hist. Societ. lib. 11. n. 76. Vasconcel. Chron. da Comp. de JESUS no Estad. do Brasil. liv. 2. §. 70. e 71. Franco Imag. Da Virtud. em o Nov. de Coimb. Tom. 2. liv. 2. cap. 17. §. 4. e no Ann. Glorios. S. J. in Lusit. p. 21. Escreveo

Cartas Annuas aos Padres da Provincia de Portugal escritas na Bahia a 17. de Setembro de 1552. Sahiraõ com outras Vertidas em Italiano. Venetia por Tramezino. 1559. 8.

Cartas escritas da Capitania do Espirito Santo ao P. Manoel da Nobrega em o anno de 1558. Sahiraõ em Italiano Venetia por Tramezino. 1562. 8.

Carta em que relata a Vitoria que alcançaraõ as nossas Armas dos Indios de Paragoacù a 2. de Outubro de 1559. M. S.

Carta escrita da Capitania de S. Vicente a 22. de Outubro de 1559. M. S.

Estas duas ultimas Cartas se conservaõ no Archivo da Casa Professa de S. Roque desta Corte.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]