FRANCISCO DO REGO natural da Aldeya de Naulà em a Ilha de Goa Cabeça do Imperio Oriental Portuguez, filho de Nicolào do Rego, e Angela Rodrigues. Das letras humanas passou a estudar as sagradas, sahindo profundamente douto em Theologia Escholastica, e Moral, e Licenciado em ambos os Direitos, merecendo pela sua grande litteratura ser Prothonotario Apostolico, Promotor fiscal do Ecclesiastico, e Procurador da Mitra Primacial de Goa em que foy provido pelo Illustrissimo Arcebispo D. Fr. Antonio Brandaõ. Naõ foy inferior o seu talento para o Pulpito, como tambem para a metrificaçaõ assim Latina, como Portugueza. Sendo Vigario Collado da Igreja de S. Braz passou para a de Santa Anna onde fundou o Templo, que hoje existe que he certamente dos mais sumptuosos, que tem a Cidade de Goa. Compoz

Tratado Apologetico contra varias calumnias impostas pela malevolencia contra a sua Naçaõ Bracmana. M. S. 4. Naõ chegou a imprimir esta obra impedido pela morte em o anno de 1686. quando contava 51. de idade. Comedias varias. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]