FRANCISCO LUIZ DA COSTA natural de Lisboa, e filho de Antonio Fernandes da Sylva Capitaõ de hum Regimento desta Corte, e D. Brigida da Costa, Freyre Conventual da Ordem Militar de S. Tiago, cujo habito recebeo no Real Convento de Palmella a 19. de Novembro de 1729. onde foy Mestre da lingua Latina, e hoje Beneficiado da Igreja Matriz da Villa do Torraõ em a Provincia do Alentejo. He ornado de talento capaz para a Poesia, Historia, e ministerio do Pulpito publicando

Sermaõ da Festividade do Senhor JESUS dos Perdoens em a Igreja Parochial de Santa Maria Magdalena. Lisboa por Pedro Ferreira Impressor da Serenissima Rainha N. Senhora. 1732. 4.

Com indefesso trabalho, e continua applicaçaõ revolveo pelo espaço de cinco annos o Cartorio do Convento de Palmella, onde he Conventual, de cuja laboriosa empreza colheo o fruto seguinte

Colleçaõ de todos os Breves Pontificios concedidos à Ordem Militar de S. Tiago deste Reyno, por ordem Chronologica. fol. 2. Tom. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]