Fr. FRANCISCO DE FOYOS natural de Lisboa Monge Cisterciense cujo habito vestio no Real Convento de Alcobaça a 16. de Novembro de 1648. Em a Universidade de Coimbra recebeo o grào de Doutor Theologo, e foy Conductario com privilegios de Lente de que tomou posse a 19. de Abril de 1684. Como tivesse igual talento para a Cadeira, como para o Pulpito logrou as estimaçoens de grande Letrado, e insigne Pregador. Ao tempo que estava compondo hum novo curso de Theologia fundada em authoridades de seu Mellifluo Patriarcha, e para tomar posse da Cadeira de Durando passou desta vida mortal para a eterna a 30. de Outubro de 1693. em casa de seu parente Mendo de Foyos Pereira Secretario de Estado delRey D. Pedro II. Jaz sepultado no Convento de N. Senhora do Desterro desta Corte. Compoz

Sermaõ Panegyrico do Lausperenne que se principiou no Real Mosteiro de Alcobaça em dia da Aprezentaçaõ de N. Senhora do anno de 1672. Lisboa por Joaõ da Costa 1673. 4.

Tratado Juridico em que mostra o direito que os Abbades do Mosteiro de Salcedas tem para exercitarem toda a jurisdiçaõ ordinaria, e Episcopal em seu Couto, e Territorio, que consta de sete Freguezias. Foy composto no anno de 1680. e estava aprovado pelos Mestres da Universidade de Coimbra. M. S.

Sermoens varios. M. S. promptos para a Impressaõ.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]