JOZÉ IACHIA filho de David Jachia de quem já se fez memoria em seu lugar, e neto de Jozè Jachia naceo em Lisboa como seu Pay do qual foy sucessor no magisterio em a Sinagoga da Cidade de Imola da Provincia de Romandiola, explicando os ritos do Talmud em que era profundamente instruido. Falleceo no anno de 1539. quando contava 45 annos de idade. Passados dez annos foraõ tresladados os seus ossos para a Cidade de Saphèth da Galilea Superior, e collocados junto da sepultura de Jozè Karo como ordenara em seu Testamento. Deixou tres filhos; o primeiro chamado David morreo de sincoenta annos; o segundo foy Ghadalia Aben Jachia author de muitos livros; o terceiro Rab. Judas que no anno de 1557. se doutorou em Filosofia, e Medecina na Universidade de Padua, e cazando em Bolonha no anno de 1560. morreo sem sucessaõ quando contava 31 annos de idade.

Compoz

Sepher derèch chasim id est, Liber viae, et vitae ex Jerem. 21. vers. 8. Nelle explica muitos lugares allegoricos extrahidos do Ghemara.

Mer Mitzuà Lucerna Praecepti ex Proverb. 6. V. 23. onde explicava as cauzas de todos os preceitos. Esta obra, como a precedente foraõ consumidas pelo fogo no anno de 1554. em Padua das quais se salváraõ poucos quadernos.

Thora or Lex Lux. ex Prov. 6. V. 23. Bononiae. 1538. 4. & Venetiis. 1606. 4. & Lublini, & Ferrariae. Consta da Bemaventurança da alma, Paraizo, Inferno, e seculo futur.

Perùje col Chetuvin. Commentarium in omnia Hagiographa. Bononiae. 1538. fol. e naõ Massae in Tuscia. 1528. como escreve Bartolocci Bib. Rabbin. Part. 3. pag. 802. col. 1. pois o mesmo Jachia finaliza esta obra com estas palavras. Finis impositus fuit operi festo Paschatis anno 288. Massae in Tuscia cùm fugerem procellas plagarum quae erant in Romandiola regione peregrinationis meae. Donde sae manifesta claramente, que em Massa acabara, e naõ imprimira a obra.

Paraphrasis in Danielem cum animadversionibus Constantini l’ Empereur ab Oppyck.

Clavis Thalmudica complectens formulas, loca dialectica, & rhetorica priscorum Hebraeorum cum interpretatione Latina. Leidae. 1634. 4.

De Legibus Hebraeorum forensibus. Leidae. 1687. 4.

Thalmudis Babilon. Codex Meddoth, sive de mensuris Templi cum versione Latina. ibi 1637. 4.

Fructus Justitiae, arbor vitae, Commentarius in Ecclesiasicum. M. S.

In Psalmos. Acabou esta exposiçaõ no anno de 1527. como elle affirma no fim lamentando as hostelidades, que padecera a Sinagoga de Roma executadas pelo furor dos Soldados.

Delle se lembraõ Jacob. Le Long. Bib. Sacr. pag. mihi 800. col. 2. Wolf. Bib. Heb. pag. 526. §. 878. Bartolocci. Bib. Rab. Part. 3. pag. 802. col. I. Plantivit Bib. Rabb. e Ghedalia Schalseèleth hakkabala pag. 66.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]