IOZE PEREYRA BAYAM filho de Antonio Jorge Bayaõ, e de Maria Simoens Pereira naceo no lugar de Gondelim termo da Villa de Penacova da Comarca de Coimbra a 23 de Mayo de 1690. Nos primeiros annos agricultava a terra com seu Pay, que era lavrador rico, e depois por ser muito perito na Arithmetica assistio em caza de seu Tio materno Manoel Pereira de Carvalho, que recebia opulentos lucros do seu negocio, em cujo tempo levado de natural inclinaçaõ se ocupava na continua liçaõ de livros Historicos de que se seguio adquirir noticia vasta da Historia Universal do Mundo. Estudada a lingua Latina se ordenou de Presbitero quando contava trinta, e dous annos de idade, e se aplicou à Mathematica, e Theologia Moral em que fez grandes progressos podendo ser mayores em outras Faculdades se a fortuna lhe naõ fora taõ avara, como liberal a natureza. Taõ profundamente se instruio na Historia Portugueza, que referia todos os sucessos de que ella se compoem sem abrir livro podendo restituilla de memoria se se perdesse distinguindo com judiciosa critica o falso do verdadeiro, e o certo do duvidoso. Desta vasta sciencia da nossa Historia foraõ testemunhas insignes Academicos da Academia Real como foraõ o Beneficiado Francisco Leytaõ Ferreira, e os Reverendissimos Padres D. Antonio Caetano de Souza Deputado da Bulla da Cruzada, e Fr. Manoel dos Santos Monge Cisterciense Chronista deste Reyno advertindo-lhe alguns Factos Historicos, cuja verdadeira indagaçaõ estava oculta aos seus estudos. Foy ornado de summa modestia, incorrupto procedimento, e solida piedade. Falleceo em Lisboa a 8 de Março de 1743. com 53 annos de idade deixando o pouco, que possuia à Ordem Terceira de S. Francisco do Convento de Xabregas com obrigaçaõ de se collocarem em huma Capella da Igreja do Menino Deos, que he do Hospital da mesma Ordem, as Imagens das Santas Raynhas Sancha, e Mafalda Freiras Cistercienses das quais era cordial devoto, e lhe escreveo as vidas.

Cathalogo dos livros impressos por OrdemChronologica.

Historia das prodigiosas vidas dos gloriosos Santos Antonio, e Benedicto, Mayor honra, e lustre da gente preta, Lisboa na Officina de Pedro Ferreira 1726. 4.

Portugal glorioso, e illustrado com a vida, e virtudes das Bemaventuradas Raynhas Santas Sancha, Thereza, Mafalda, Izabel, e Ioanna, breve noticia dos seus milagres, de seus cultos, e Trasladaçoens, com hum discurso no fim sobre as paridades das Sagradas Religioens Dominica, e Franciscana, ditas de Coimbra, e felicidades do Mez de Outubro. Lisboa na Officina de Pedro Ferreira 1727. 4.

Vida do glorioso S. Ioaõ da Cruz Doutor Mystico primeiro Carmelita Descalso da Reforma de S. Thereza. Lisboa por Pedro Ferreira 1727. 12.

Historia da Vida, acçoens heroicas, e virtudes insignes do glorioso S. Fernando, Rey de Castella, e Leaõ, espelho de Principes perfeitos meritissimo filho da veneravel Ordem Terceira do Serafico Padre S. Francisco traduzida, e acrescentada na lingua Portugueza. Lisboa na Officina de Pedro Ferreira. 1728. 4.

Chronica do muito alto, e muito esclarecido Principe D. Sebastiaõ Decimo Sexto Rey de Portugal primeira parte que contem os sucessos deste Reyno, e Conquistas em sua menor idade. Lisboa na Officina Ferreiriana 1730. Sahio com o nome de D. Manoel de Menezes fol.

Historia verdadeira do famosissimo Heroe, e invencivel Cavalheiro Hespanhol Rodrigo Dias de Bivar, chamado por excellencia o Cid Campeador, de suas grandes Cavallarias, Conquistas, Vitorias, e outras acçoens, e virtudes insignes, em que se dá tambem muitas noticias dos Reys, e Reynos de Hespanha de seu tempo. Lisboa por Antonio de Souza da Sylva anno 1734. 8.

Epitome Chrono-genealogico, e Critico, da Vida, virtudes e milagres do Prodigioso Portuguez S. Antonio de Lisboa illustrado com ponderaçoens, e elogios em lingua Castelhana pelo Padre M. Fr. Miguel Pacheco, Religioso da Ordem de Christo de novo Reformado, e acrescentado com muitas noticias, e circunstancias maravilhosas da sua vida, e varios prodigios novos. Lisboa por Antonio de Souza da Sylva 1735. 8.

Chronica delRey D. Pedro I. deste nome, e dos Reys de Portugal o oytavo, cognominado o Iusticeiro, na forma, em que a escreveo Fernaõ Lopes, primeiro Chronista mòr deste Reyno copiada fielmente do seu Original antigo, dada à luz, e acrescentada de novo desde o seu nascimento até ser Rey, e outras acçoens, e noticias de que o Author naõ trata. Lisboa por Francisco da Costa. 1735. 8.

Historia da prodigiosa vida, morte, e milagres do glorioso S. Franco de Sena da Ordem de Nossa Senhora do Carmo, maravilhoso exemplar de pecadores arrependidos, e dos penitentes mais mortificados. Lisboa na Officina Rita Casiana 1737. 12.

Portugal Cuidadozo, e lastimado com a vida, e perda do Senhor Rey D. Sebastiaõ, o dezejado de saudoza memoria Historia Chronologica de suas acçoens, e sucessos desta Monarquia em seu tempo; suas jornadas a Africa, batalha, perda, circustancias e Consequencias notaveis della, dividido em sinco livros. Lisboa por Antonio de Souza da Sylva 1737. fol.

Flos Sanctorum, ou Historia das vidas de Christo nosso Senhor, de sua Santissima Mãy, e dos Santos, e suas Festas repartido pelos doze mezes do anno, com Sermoens, e practicas para as festas, que nelles se celebraõ, composto pelo Padre Fr. Diogo do Rosario, da Ordem dos Prégadores; novamente Reformado, e addicionado com Praticas, Festas, e cento, e tantas vidas de Santos novos nesta ultima ediçaõ. Lisboa na Officina de Miguel Rodrigues anno de 1741. fol. 2. Tom. sem o nome do Addicionador cuja obra lhe deveo grande trabalho.

Retrato do Purgatorio, e suas penas, despertador do peccador adormecido no abismo da culpa, exortaçaõ á emenda, e devoçaõ das almas, que nelle padecem, a que se ajunta a maravilhosa Historia do Purgatorio de S. Patricio com circumstancias novas. Lisboa na nova Officina Almeidiana de Mauricio Vicente de Almeyda. 1742. 8.

Cathalogo das Obras M. S.

Relaçaõ da milagrosa Imagem da Senhora da Mouta do lugar de Gondolim termo da Villa de Penacova. Sahio no Tom. 7. de Santuario Mariano. liv. 4. cap. 29. onde a intitula curiosa discreta, e larga o Padre Fr. Agostinho de Santa Maria, e louva muito a seu author

Addicionou o cap. 11. do livro 15. do Tom. 4. da Monarchia Lusitana da impressaõ de Lisboa na Officina Ferreiriana 1725. fol.

Como tambem tudo quanto pertence às Santas Raynhas Tereza, e Mafalda na Chronica de Cister composta por Fr. Bernardo de Brito da impressaõ de Lisboa por Paschoal da Sylva. 1720. fol.

Chronica do muito alto, e muito esclarecido Principe D. Sebastiaõ, Decimo Sexto Rey de Portugal 2. e 3. parte que conthem as suas acçoens, e sucessos de sua vida, jornada, e perda em Africa, com as mais consequencias folha.

Supplemento, e illustraçaõ critica das Chronicas antigas deste Reyno té ElRey D. Fernando. folha.

Cathalogo Real Portuguez dos Reys, e Raynhas de Portugal, e seus filhos com huma breve, e apurada noticia de suas vidas, e Elogios do todos 4.

Portugal exclarecido, e illustrado pelo seu glorioso Fundador, Historia do Veneravel Rey D. Affonso Henriques. 4.

Theatro abreviado das grandezas de Lisboa reduzidas a breve summa. 4.

Planta da Verdadeira Fé, e Fonte da Divina Graça. 4.

Vida, Prerogativas, e excellencias da inclicta Matrona S. Anna em que se prova com efficacia naõ cazar mais, que huma só vez, traduzida, e acrescentada com muitos milagres, della, e do Senhor S. Joaquim seu unico esposo. 8.

Nossa Senhora das Mercés, ou Mercès de Nossa Senhora traduzida de Castelhano 8.

Lisboa Gloriosa, e enriquecida pelo seu portentoso Padroeiro S. Vicente,

Historia deste invictissimo Martyr. 8.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]