FERNANDO ALVARES DE PAYVA natural de Lisboa, e Prior da Parochial Igreja de Santo Isidoro da Villa de Mello situada em a Provincia da Beira do Bispado da Guarda. O continuo disvelo que desde a primeira idade dedicou à liçaõ dos Livros lhe adquirio huma vasta intelligencia das letras amenas, e severas, em que deixou compostos doze Volumes de quarto a varios Assumptos em Proza, e Verso na lingua Materna, e Castelhana, os quaes estavaõ promptos para a impressaõ, e alguns conservava em seu poder Francisco de Brito Freire, de  quem se fará memoria em seu lugar, e Joaõ Freire de Mello Senhor de Mello.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]