Fr. AGOSTINHO DA COSTA, natural da Villa de Mello da Provincia da Beyra filho de Francisco da Costa Froes, e Guiomar Botelho. Professou o habito de Eremita de Santo Agostinho no Convento de Evora a 15 de Agosto de 1642. Foy Lente jubilado em Theologia, insigne Moralista, e exemplar religioso. Morreo no Convento de Lisboa em 25 de Abril de 1691. Compoz: David penitente. Discursos Moraes pregados nos Sabbados da Quaresma, que se celebráraõ em N. Senhora da Graça em Lisboa no anno de 1682 com sete Sermoens da Semana Santa. Lisboa por Domingos Carneiro, 1685, 4. Sermaõ na festa da Virgem Maria N. Senhora do Monte. Sahio na Laurea Portugueza. Lisboa por Miguel Deslandes, 1687, 4. Paraiso Virginal M. S. 4. Conserva-se na Livraria do Convento de Lisboa. Consta de Penegyricos da Virgem Santissima. Informaçaõ da Imagem da Senhora de Carquere junto de Lamego, remetida a Fr. Agostinho de Santa Maria, a qual imprimio no Sanctuario Mariano. Tom 3, liv. 2, titul. 2, pag. 150.

 

[Bibliotheca Lusitana, Historica, Critica e Chronologica, vol. 1]