MANOEL DA CUNHA PINHEIRO natural de Lisboa filho de Antonio da Cunha Pinheiro Fidalgo da Casa Real, Deputado da Meza da Conciencia, e Ordens, e de D. Luzia Maria da Silva e Attayde filha de Luiz da Silva da Costa Guarda mór dos Pinhaes de Leyria. Recebeo na Academia Conimbricense o grao de Licenciado na Faculdade de Direito Canonico. Foy Chantre da Cathedral de Leyria, e depois de exercitar os lugares de Promotor, Deputado, e Inquisidor da Inquisiçaõ de Lisboa subio a Deputado do Conselho Geral do Santo Officio, e do Conselho delRey a 5. de Julho de 1720. Cultivou desde os primeiros annos com summa aplicaçaõ o estudo da Genealogia em que foy insigne compondo em diversos Tomos, que conservava escritos pela sua maõ.

Familias de Portugal.

Falleceo em Lisboa em o primeiro de Março de 1734. Delle faz memoria o Padre D. Antonio Caetano de Sousa. Apparat à Hist. Gen. da Casa Real Portug. p. 165. §. 202.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]