ANDRÉ ALVARES D’ALMADA, natural de S. Tiago de Cabo Verde, – E. no anno de 1594 e dedicou aos Governadores do Reino a seguinte obra:

293) Tratado breve dos rios de Guiné de Cabo Verde, desde o rio do Sanagá até aos baixos de Sant’Anna. Porto, na Typ. Comm. 1841. 8.º gr. de XIV‑108 pag. com um mappa geographico. – Preço 720 réis. Este escripto tinha sido já publicado por industria do P. Victorino José da Costa, porém differindo consideravelmente no estylo, e na ordem que lhe dera seu auctor como adverte Barbosa: o titulo d’essa antiga e transtornada edição é como se segue: Relação e descripção de Guiné, na qual se tracta de varias nações de negros que a povoam, dos seus costumes, leis, ritos, ceremonias, guerras, armas, trajos; da qualidade dos portos, e do commercio que n’elles se faz: que escreveu o capitão André Gonçalves de Almada. Lisboa, por Miguel Rodrigues 1733. 4.º de IV‑62 pag. (Livrarias das Necessidades e do Archivo Nacional, e tenho tambem d’ella um exemplar.) V. n’este Diccionario o artigo Diogo Kopke, a cuja diligencia se deve a moderna publicação.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]