P. MANOEL DE MORAES, natural da Villa de Portel do Arcebispado de Evora, sendo filho de Miguel Affonso, e Catharina de Moraes. Quando contava vinte annos de idade entrou na Companhia de Jesus em o Noviciado de Evora a 6. de Novembro de 1630. Foy Reitor do Collegio de Portalegre, e infatigavel Procurador dos prezos, quando assistio na Casa Professa de S. Roque. Sendo já muito velho, e falto de vista naõ deixava de celebrar o incruento sacrificio da Missa com grande devoçaõ. Falleceo no Collegio de Evora a 27. de Agosto de 1683. quando contava 73. annos de idade, e 53. de Companhia. Delle fazem memoria Franco Imag. da Virt. do Nov. de Evor. pag. 897. e Fonseca Evor. Glorios. pag. 436. Compoz a seguinte obra que sahio posthuma, com o suposto nome de Tacito Ferreira

Gosto para todos repartido em tres Partes. Na 1. se contem as jornadas, que a Virgem Senhora Nossa, com seu Santo Esposo, fizeraõ de Nazareth a Bellem: Nascimento do Menino Deos e vinda dos santos Pastores. Na 2. os motivos porque o Menino Deos se circuncidou; louvores, e excellencias do SS. Nome de JESUS. Na 3. da vinda dos Santos Reys; ofertas, que fizeraõ, e caminho porque se voltaraõ. Lisboa, por Joaõ Galraõ. 1687. 8.

 

 [Bibliotheca Lusitana, vol. III]