P. MANOEL PEREIRA, natural da Villa da Arruda distante seis legoas de Lisboa para o Norte, e filho de Pays nobres, quaes eraõ Francisco de Castro, e Genovesa Pereira. Na tenra idade de quatorze annos abraçou o instituto da Companhia de Jesus em o Noviciado de Lisboa a 27 de Março de 1634. Ensinou letras humanas, e Filosofia no Collegio de Santo Antaõ, e Theologia especulativa, e Moral até chegar a Cadeira de Prima em a Universidade de Evora da qual foy Cancellario. Foy Reitor dos Collegios de Braga, e Evora, e neste governo partio a Roma a assistir ao Capitulo em que foy eleito Geral o P. Carlos Noaylle donde trouxe huma Bulla com muitas indulgencias para a Irmandade de Nossa Senhora da Boa-Morte que instituhio no Collegio de Evora, onde piamente falleceo sendo Reitor a 14 de Dezembro de 1683, quando contava 53 annos de idade, e 39 de Religiaõ. Delle se lembraõ Franco Imag. da Virt. em o Nov. de Lisb. p. 973. E Fonseca Evor. Glorios. p. 436. Compoz a seguinte obra, que sahio posthuma em que deixou depositada a sua profunda Literatura.

De Restitutione tractatus sex in tres Tomos distributi in quibus, tamquam in statera secundùm justitiae commutativae regulas restituendi onera appenduntur, ac fideliter trutinantur. Ulysipone apud Paschalem à Sylva Typ. Reg. 1724. fol.

Tomus secundus continens tractatum tertium scilicet de rebus restituendis, & tractatum quartum nimirum de rebus Ecclesiasticis restituendis. ibi: per eundem Typ. eodem anno.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]