P. MANOEL DE OLIVEIRA, chamado no seculo Manoel Joaõ, filho de Pedro Joaõ, e de Maria Soares, naceo em Lisboa, e em o Noviciado da sua patria vestio a roupeta de Jesuita a 7 de Outubro de 1671, quando contava quinze annos de idade. Distinguio-se dos seus companheiros na suave, e elegante metrificaçaõ latina, e profundidade da especulaçaõ Theologica, sendo insigne humanista, sublime Poeta, excellente Theologo, e Jurista. Dictou as sciencias severas em o Collegio de Coimbra até á Cadeira de Prima, e depois leo Theologia Moral no Collegio de S. Patricio em Lisboa. Foy Qualificador do Santo Officio, Examinador das Tres Ordens Militares, e Synodal do Arcebispado de Lisboa, e Mestre da Serenissima Senhora Infanta D. Maria Barbara filha dos Augustissimos Monarchas D. Joaõ V. e D. Marianna de Austria a qual no tempo presente he Rainha de Castella. Falleceo na Casa Professa de S. Roque em o anno de 1729, quando contava 73 annos de idade, e 58 de Religiaõ. Compoz

Oraçaõ funebre, e Panegyrica nas Exequias da Rainha Nossa Senhora D. Maria Sofia Isabel, prégado na Igreja do Real Collegio de Coimbra da Companhia de Jesus em 31 de Agosto de 1699. Coimbra, por Jozé Ferreira Impressor da Universidade. 1700. 4.

Oraçaõ impetratoria, e Sermaõ Panegyrico do Glorioso Patriarcha S. Ignacio Fundador da Companhia de Jesus na Festa que no Seminario Irlandez da mesma Companhia para alcançar de Deos successaõ, e feliz parto instituhio a Excellentissima Senhora D. Luiza de Noronha Marqueza de Cascaes. Lisboa por Miguel Manescal 1719. 4.

Sermaõ Gratulatorio ao Glorioso Patriarcha S. Ignacio de Loyola Fundador da Companhia de Jesus, pelo feliz nacimento do Excellentissmo Senhor D. Luiz José Thomaz Leonardo de Castro, duodecimo Conde de Monsanto segundo genito dos Excellentissimos Senhores D. Manoel, e D. Luiza, Terceiros Marquezes de Cascaes. ibi pelo dito Impressor 1719. 4.

Dous Elogios Latinos, escritos em estylo Lapidario em obsequio funeral do P. Antonio Vieira para se gravarem na urna sepulchral. Sahiraõ no livro intitulado Vozes Saudosas da Eloquencia, &c. que consta de diversas obras do P. Vieira. Lisboa, por Miguel Rodrigues Impressor do Senhor Patriarcha. 1736. 4. desde p. 272. até 281.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]