Fr. MANOEL POUSAM, natural da Villa do Landroal da Provincia Transtagana, e filho de Lourenço Rodrigues, e Brites Fernandes. Professou o instituto de Erimita Augustiniano no Convento de N. Senhora da Graça de Lisboa a 16 de Mayo de 1617. Aprendidas com aplicaçaõ as Sciencias escholasticas se dedicou com mayor disvelo á Faculdade da Musica da qual tivera por Mestre o insigne Antonio Pinheiro de cujo magisterio sahio taõ profundamente instruido, que naõ sómente exercitou o emprego de Mestre da Capella do Coro do Convento de Lisboa, mas mereceo publicas estimaçoens do Serenissimo Monarca D. Joaõ IV. insigne Mecenas, e egregio professor desta armonica Faculdade. Foy ornado de summa gravidade, e de exacta observancia do seu instituto, cujos dotes lhe alcançaraõ os lugares de Visitador da Provincia, e Mestre dos Noviços. Falleceo piamente em Lisboa a 17 de Junho de 1683. com quasi 90 annos de idade conservando a flor da castidade. Publicou

Liber Passionum, & corum, quae á Dominica Palmarum usque ad Sabbatum Sanctum cantari solent. Lugduni apud Petrum Guillimin 1576. fol.

Missa defunctorum a 8. vozes.

Vilhancicos, e Motetes. Conservaõ-se estas obras na Bibliotheca Real da Musica. Consta do seu Index impresso em Lisboa, por Pedro Crasbeeck. 1649. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]