Fr. MANOEL DE SANTA ROZA DE VITERBO. Naceo em a Villa de Aljubarrota do Patriarchado de Lisboa em o anno de 1666. sendo filho de Amaro Joaõ Preto Juiz dos Orfaõs da mesma Villa, e de sua mulher Helena Amada. Dotado de voz clara, e sonora entrou pupillo na Religiaõ Serafica onde aprendendo as letras humanas, sahio taõ consumado Latino, que foy admittido ao Noviciado no Convento de S. Francisco de Alenquer a 17 de Novembro de 1682. Nas sciencias escholasticas fez taes progressos, que dictando Filosofia no Convento de Guimaraens foy eleito Mestre de Theologia no anno de 1702. a qual leo por espaço de doze annos em o Collegio de S. Boaventura de Coimbra com tanto aplauso dos Cathedraticos como se manifestava em todas as ocazioens, que argumentava unindo a subtileza com a jococidade com que se fazia plauzivel a todos os ouvintes. Foy Guardiaõ do Collegio de S. Boaventura, e Confessor do Mosteiro das Religiosas de Santa Anna de Lisboa. Falleceo no anno de 1722. quando contava 56 annos de idade, e 40 de Religiaõ. Compoz

Sermaõ do Glorioso Patriarcha S. Domingos, prègado no seu Convento da Cidade do Porto em 4 de Agosto de 1696. Coimbra por Jozé Ferreira Impressor da Universidade, e do Santo Officio. 1698. 4.

Horae Seraphicae Immaculatae ac semper Virginis Mariae ex Seraphici Doctoris D. Boaventurae opusculis desumptae. Conimbricae apud Joannem Antunes. 1711. 12.

Familia dos Amados historiada. Depois de estar impressa esta obra no Collegio das Artes de Coimbra se recolheo por razoens politicas.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]