AGOSTINHA BARBOSA DA SYLVA igualmente douta na língua Latina, que na Architetura, de cujo grande talento, que floreceo pelos anos de 1674 como das suas obras, que copoz, fazem merecida lembrança Diogo Manoel Ayres de Azevedo Portug. Illustrad. pelo sex. fem., pag. 81 & 17 e Damiaõ de Froes Perim no Theat. Heroin. das mulher. Illust., tom 1, pag. 114. Deixou composto na íngua Latina: Vida dos cinco primeyros Reys de Portugal, e na vulgar Tratado de Architectura, e Arithmetica o qual sahio em Castella com o nome de Pedro de Albornoz.

 

[Bibliotheca Lusitana, Historica, Critica e Chronologica, vol. 1]