AFFONSO DE VALERA, natural de Villanova de Portimaõ no Reyno do Algarve, e morador em Lisboa, onde casou, e morreo. Foy muito aplicado ao estudo das letras humanas, e principalmente à composição de versos na língua matera, em que naõ foy infeliz a sua Musa. Tinha prompto para se imprimir em o anno de 1600 a obra seguinte: Armonia espiritual dividida em sette tomos sobre os passos principaes da Vida de Christo Senhor Nosso. Outro que tratava de Cavallarias.

 

[Bibliotheca Lusitana, Historica, Critica e Chronologica, vol. 1]