AFFONSO DE ALBUQUERQUE natural de Lisboa, Professor de Direito Civil e Patrono de Causas Forences. No tempo em que se ventilava a celebre questão de quem havia suceder na Coros desta Monarchia por morte do Serenissimo Cardial Rey D. Henrique, mais affecto às injustas pertenloens de Castella, do que defensor da insubitavel Justiça da sua Patria, imprimio no anno de 1579: Jus Philippi ad regiam Lusit. Coronam. De cuja obra faz menção Caramuel Phil. Prud., pag. 177.

 

[Bibliotheca Lusitana, Historica, Critica e Chronologica, vol. 1]