MATHEOS SOARES, natural da augusta Cidade de Braga, donde passando a Coimbra estudou Direito Pontificio, em que sahio taõ profundamente perito, que depois de exercitar com igual desinteresse, que literatura o Officio de Advogado de Causas Forenses nas Cidades de Lamego, e Lisboa, foy Promotor da Capella Real.

Compoz

Pratica, e ordem para os Visitadores dos Bispados, na qual se decidem muitas questoens assim em causas Civeis, como Criminaes pertencentes aos Advogados no foro Ecclesiastico, e Secular com entendimento de algumas extravagantes dos Summos Pontifices, e Concordatas com este Reino de Portugal. Vay acrecentada a ordem de visitar os Mosteiros Regulares com exposiçaõ de algumas causas que obrigaõ a se dispensar com as Religiosas, para estarem fóra da Clausura. Lisboa por Jorge Rodrigues 1602. 4.

Promete a fol. 47. desta obra publicar

Tractatus de Dispensatione Episcoporum. Fazem memoria deste Author Joan. Soar. de Brito Theatr. Lusit. Litter. lit. M. n. 18.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]