MARTINHO PAES DE MELLO, natural de Lisboa, Fidalgo por geraçaõ por ser filho de Manoel Paes de Abreu da Casa de Regalados, e Dona Sebastiana de Mendoça de igual Nobreza á de seu Consorte. Foy Familiar do Santo Officio, Cidadaõ da Camara de Lisboa, e Genro de Jacome de Carvalho do Canto, Porteiro do Conselho Geral do S. Officio de quem se fez mençaõ em seu lugar. Todo o seu estudo aplicava na liçaõ de livros asceticos, consumindo a mayor parte do tempo em exercicios espirituaes, como testemunhaõ as obras, que publicou. Falleceo piamente na patria a 14 de Junho de 1684, e jaz sepultado no Claustro do Convento de S. Vicente de Fóra. Compoz

Triumfos do Amor Divino. Lisboa, por Antonio Alvares. 1627. 8.

Amorosos pensamentos a JESUS. Lisboa por Matheos Pinheiro 1629.

Amores de JESUS, com piedosos discursos, e consideraçoens. Lisboa por Joaõ Galraõ 1674. 12. No fim declara o seu nome.

Historia Geral da Provincia de Santa Cruz com a descripçaõ daquelle Estado, Clima, Ritos, Ceremonias, Constellaçoens, animaes, aves, peixes, plantas, ervas, arvores, guerras, e principio de suas povoaçoens descobrimento, e conquista. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]