MIGUEL CERQUEIRA DOCE, natural da Villa de Amarante na Provincia de Entre Douro, e Minho, filho de Estevaõ Gonçalves Doce, e de sua mulher Ignez Dias, Presbytero do habito de S. Pedro, e Vigario da Parochial Igreja de Santo Isidoro de Sanche que confina com a Honra de Ovelha antigua Beatria distante huma legoa da Villa de Amarante ao Nacente. Teve natural propensaõ para a Poesia vulgar, compondo

Vida de S. Gonçalo de Amarante. Consta de 8. Cantos em Oitava Rima. 4. M. S. Conserva-se na Livraria de S. Francisco da Cidade.

Victorias de Duarte Pacheco, e de outros Capitaens, que com valor, e esforço militaraõ na India Oriental. Poema de 10 Cantos, e escrito no anno de 1631. Hum exemplar se conserva na Livraria do Excellentissimo Marquez de Abrantes.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]