Fr. MIGUEL DE S. ROSA, natural da Villa da Praya em a Ilha Terceira, filho de Gabriel Ramos, e Angela da Costa. Abraçou o instituto Serafico no Convento de S. Francisco da Cidade de Angra a 18 de Agosto de 1686, e professou a 19 do dito mez do anno seguinte. Estudou Filosofia no Convento da Villa da Praya, e Theologia em a Cidade de Coimbra, e como sahisse egregiamente versado nestas Faculdades as ensinou aos seus domesticos nos Conventos da Praya, e Ponte Delgada até que passados doze annos de leitura jubilou. Foy Guardiaõ, e Diffinidor da sua Provincia, e teve grande talento para o pulpito. Nunca detrahio do seu proximo, sendo naturalmente amante de fallar pouco, e escrever muito. Falleceo piamente no Convento de Angra a 24 de Fevereiro de 1738.

Compoz

Rosas univocadas, ou acçoens univocas das duas preclarissimas Santas Rosas Dominica, e Franciscana. fol. 2. Tom. Dedicado ao Illustrissimo e Excellentissimo Marquez de Valença D. Francisco de Portugal. Esta obra estava perfeitamente trasladada com Indices, e prompta para a Impressaõ, como vimos.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]