Fr. PANTALIAM DE AVEIRO, natural da Villa do seu apelido do Bispado de Coimbra. Professou o instituto Serafico na Provincia dos Algarves, onde exactamente praticou as virtudes de hum perfeito religioso. Anhelando o seu espirito testemunhar com os olhos aquelles lugares, que com a sua presença, e seu sangue santificara o Verbo Divino feito Homem, alcançou faculdade dos Superiores para taõ devota jornada, a qual executou caminhando a pé até chegar á Cidade de Jerusalem em o anno de 1563, onde pelo espaço de tres annos venerou com profundo affecto, e cordial ternura aquelle theatro em que se representou a dolorosa Tragedia do nosso Redemptor. Restituido a Portugal se resolveo para beneficio das almas devotas escrever tudo quanto observou nesta jornada, publicando

Itinerario da Terra Santa. Lisboa por Simaõ Lopes 1593. 4. Dedicado ao Illustrissimo Arcebispo de Lisboa D. Miguel de Castro, & ibi por Antonio Alvares 1596. 4. & ibi addicionado por Diogo Tavares, e Simaõ Lopes 1600. 4. & ibi por Joaõ Galraõ 1685. 4. & ibi por Antonio Pedroso Galraõ 1732. 4.

Louvores de S. Joaõ. 4. M. S.

Delle fazem memoria Nicol. Ant. Bib. Hisp. Tom. 2. p. 124. col. 2. Joan. Soar. de Brito Theatr. Lusit. Litter. lit. P. n. 1. Fr. Joan. a D. Ant. Bib. Franc. Tom. 2. p. 414. col. 1. Cunha Hist. da Santa Veronica. fol. 204. e D. Paulo de Zamora Censur. do Itiner. de Fr Braz Buyza Religios. Menor.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]