Fr. PLACIDO DA SYLVEIRA, natural do Lugar de Cassilhas do Patriarchado de Lisboa, filho de Bento da Sylveira, e Simoa de Moraes. Professou o instituto da Ordem Militar de Christo no real Convento de Thomar a 5 de Abril de 1683. Foy muito perito no Contraponto, e nas Ceremonias Ecclesiasticas. Falleceo a 8 de Março de 1736. Compoz

Processionale ex Missali, ac Breviario Romano a S. Pio V. raeformatis decerptum. Conimbricae ex Regali Artium Collegio. 1721. 4. Psalmos Hymnos, e Motetes a diversas vozes.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]