ABRAHAM GOMES SYLVEIRA alias Diogo Gomes Sylveira. Ainda contava poucos anos de idade, quando deixando a patroa, discorreo pellas mais celebres Cidades de França, e Flandes, até que em Amsterdão fez o seu domicilio. Aplicouse ao estudo das Sagradas letras em que não fez pequeno progresso. Era naturalmente inclinado à Poesia jocosa, da qual publicou diferentes obras, principalmente hum Vexame À imitação de Jeronimo Cancer, que se imprimio, como tãobem alguns Sermoens em Amsterdão no anno da Creação, 5438 e de Christo 1676.

 

[Bibliotheca Lusitana,  vol. I]

 

ABRAHAM GOMES DA SILVEIRA, chamado antes DIOGO GOMES DA SILVEIRA, judeu portuguez, que sahindo de Portugal, e tendo viajado em França, Flandres, e n’outros paizes da Europa, assentou a final o seu domicilio em Amsterdam. – E.

4) Sermões. Amsterdam, anno 5438 (que corresponde ao de Christo 1678, e não 1676 como têem dito erradamente Barbosa e Ribeiro dos Sanctos).

Conforme a declaração d’este ultimo, os sermões de que se tracta são escriptos em portuguez, o que Barbosa não disse. Mas o douto academico esqueceu‑se de declarar egualmente se tinha tido á vista algum exemplar, ou se falou por simples inducção tirada do que vira em Barbosa, o que me parece mais provavel, até por conservar errada a data: alias dar‑nos‑ía do livro uma descripção mais circumstanciada como costuma. Para mim é ainda ponto duvidoso, pois não vi, nem sei onde exista exemplar algum d’esta obra, que reputo de muita raridade.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]