Fr. THEODORO DE AMARAL, natural da Villa de Guimaraens da Beira, junto da Serra da Estrella, Monge Cisterciense, cujo instituto abraçou no Real Convento de Alcobaça 16 de Janeiro de 1642, e professou solemnemente a 18 do dito mez do anno seguinte. Recebida a borla doutoral na faculdade da Theologia em a Universidade de Coimbra, depois de a dictar aos seus domesticos subio a illustrar a mesma Academia com as luzes da sua sciencia, regentando a Cadeira de Gabriel, de que tomou posse a 9 de Dezembro de 1670; de Durando a 23 de Abril de 1677; de Escoto a 5 de Outubro de 1680; de Vespera a 19 de Abril de 1684, e ultimamente de Prima a 27 de Julho de 1693. Foy Abbade do Collegio de Coimbra, e algumas vezes Vice-Reitor da Universidade. Falleceo em Coimbra no anno de 1695. Deixou prompto para a Impressaõ.

Comentarium in Psalmum Beatus Vir. fol. M. S.

Directorum Parochiale. fol. M. S.

Dictou as seguintes Postillas.

De Praedistinatione.

De Vitiis, & peccatis.

De peccato Originali.

De Justificatione.

De Conceptione B. V.

De Beatitudine.

De Voluntate Dei.

De Scientia Dei.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]