Fr. LOURENÇO cujo apellido, e patria se ignoraõ, constando ser Monge Cisterciense em o Real Convento de Santa Maria de Alcobaça, e insigne professor dos Sagrados Canones, em que recebeo o grao de Bacharel naõ sendo menos versado na Sagrada Theologia. Ambicioso de obedecer, e nunca mandar, regeitou a Abbadia do Convento de Bouro, e o Generalato da sua monastica Congregaçaõ. Teve comercio epistolar com o virtuoso Fr. Vasco Martins Fundador dos Erimitas de S. Jeronymo neste Reyno, cujas cartas cheyas de asceticas instruçoens se conservaõ no Archivo do Convento de Alcobaça. Cumulado de heroicas virtudes passou a ser immortal a 6. de Março de 1481. Delle se lembraõ Cardozo Agiolog. Lusitan. Tom. 2. p. 61. e no Comment. de 6. de Março letra E, e Nicol. Ant. Bib. Vet. Hisp. lib. 10. cap. 12. §. 694. Compoz.

Tratado da Conceiçaõ da Senhora. Conserva-se M. S. na Livraria do Convento Real de Alcobaça.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]