P. VASCO PIRES, natural da Cidade de Elvas na Provincia Transtagana filho de Vasco de Alcantara, e Margarida Pires, entrou na Companhia de Jesus quando contava quatorze annos em o Noviciado de Coimbra a 15 de Agosto de 1560 para ser exemplar de virtudes heroicas. Estudadas as sciencias severas foy Mestre das lingoas Grega, e Hebraica, porém vendo os Superiores a exaçaõ com que observava os preceitos do instituto, o nomearaõ Mestre dos Noviços que exercitou pelo espaço de doze annos, de cuja virtuosa cultura brotaraõ aquellas novas plantas em multiplicados frutos para beneficio da Religiaõ. A austera mortificaçaõ do corpo competia cõ a vigilante cautella dos sentidos fallando pouco, e orando muito até que cumulado de merecimentos partio da vida caduca a gozar a eterna a remuneraçaõ delles a 21 de Setembro de 1590, em a Casa professa de Lisboa, quando contava 44 annos de idade, e 30 de Religiaõ. Delle fazem illustre memoria Bib. Societ. pag. 776. col. 1. Franco Imag. da Virt. do Colleg. de Coimb. Tom. 1. liv. 3. cap. 17. até 26. Hist. Societ. Jesu. Part. 5. lib. 10. n. 153. Taner. Societ. Asiatic. p. 361. Compoz

Liçaõ espiritual do Nacimento de Christo N. S. para a Noite do Natal. Roma por Diogo Varesi 1675. 4. Começa. Chegada a Virgem Senhora; &c. No principio está o Retrato do seu Author com os Noviços de que foy Mestre muitos annos, aos quaes lhe está mostrando o Presepio, onde se adora a Christo nacido, e tem por baixo esta inscripçaõ. P. Vascus Pires Lusitanus è Societate Jesu eximiis virtutibus venerabilis; diu praefuit Novitiis quibus peculiarem cultum erga Christi Infantis Natalem in Lusitania primus instillavit, & per totam Provintiam propagavit. Beatissimam Virginem amore flagrantissimo prosecutus ab illa vicissim magnis favoribus est cumulatus. Desiderio sane impatienti Deum videndi succensus ad ipsum migravit Ulyssipone 21 Septembris 1590 anno aetatis 44 Societ. 30. Profes. 13. Ejus corpus sexenium post integrum cum vestibus repertum est. Sahio segunda vez impressa a Liçaõ espiritual no Compendio da Paixaõ de Christo, tirado das Meditaçoens do Ven. Fr. Luiz de Granada. Lisboa por Joaõ Galraõ 1676. 12.

Duas Cartas. Escrita a primeira do Porto a 10 de Fevereiro de 1590 ao Reitor de Coimbra, e a segunda de Gasconha ao dito Reitor. Sahiraõ impressas na Vida que do P. Vasco Pires compoz o P. Franco no lugar assima citado a pag. 593. e 595.

Exercicios da Vida Christã divididos por horas. M. S. 8. Conserva-se na Livraria do Convento de Aviz dos Freires da Ordem militar de S. Bento.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]