1. VALENTIM MENDES. Naceo na Villa da Cachoeira situada no reconcavo da Cidade da Bahia de todos os Santos Capital da America Portuguezaem o anno de 1689, sendo filho do Sargento mór Antonio Mendes Falcaõ, e Antonia da Sylva. Teve a primeira educaçaõ no Seminario de Bellem fundado pelo V. P. Alexandre de Gusmaõ Jesuita, donde no Collegio da Bahia abraçou o mesmo instituto a 21 de Novembro de 1703, quando contava 14 annos de idade. Dictou letras humanas assim na Bahia, como no Collegio da Paraiba em Pernambuco, e Filosofia no Collegio do Rio de Janeiro, e ultimamente Theologia Especulativa, e Moral no Collegio da Bahia, em cujo Bispado he Examinador Synodal. Do talento que teve para o Pulpito saõ testemunhas as obras seguintes

Sermaõ na festividade das onze mil Virgens Padroeiras da America celebrada no Collegio dos Religiosos da Companhia de Jesus da Bahia metropoli do Brasil no dia 21 do mez de Outubro de 1632. Lisboa por Manoel Fernandes da Costa 1734. 4.

Sermaõ do Principe dos Patriarcas Santo Elias voltando a sua Imagem do Real Collegio da Companhia de Jesus da Cidade da Bahia, onde assistio oito mezes, e treze dias por occasiaõ de huma seca extraordinaria para o seu magnifico Convento do Carmello a 18 de Julho de 1735. ibi pelo dito Impressor 1735. 4.

Sermaõ do glorioso Patriarcha Santo Ignacio Fundador da Companhia de Jesus, prégado no Collegio da Bahia a 31 de Julho de 1735. Lisboa por Pedro Ferreira 1737. 4.

Sermaõ de Nossa Senhora da Paz. Lisboa por Manoel Fernandes da Costa 1738. 4.

Sermaõ de Nossa Senhora das Portas do Ceo, e todo o Bem, e collocaçaõ da sua Imagem na Igreja de S. Pedro da Bahia em 15 de Agosto de 1737. ibi pelo dito Impressor 1738. 4.

Sermaõ de lagrimas na triste Soledade da Mãy de Deos prégado na Igreja da Sè da Bahia a 4 de Abril de 1738. ibi pelo dito Impressor 1739. 4.

Sermaõ na Festividade das onze mil Virgens Padroeiras da America, prègado no Real Collegio da Bahia em o anno de 1738. ibi por Antonio Isidoro da Fonseca 1740.4.

Sermaõ do glorioso Patriarca S. Ignacio Fundador da Companhia de Jesus, prégado no Real Collegio da Bahia no anno de 1746. Lisboa por Antonio da Sylva 1747. 4.

Dous Sonetos em aplauso do Desembargador Ignacio Dias Madeira tomando posse de Ouvidor Geral do Crime em a Cidade da Bahia. Lisboa por Miguel Manescal da Costa 1742. 4. Sahiraõ com outras obras Poeticas a este assumpto.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]