D. VALERIO DA COSTA E GOUVEA, natural de Lisboa, e bautisado na Parochial Igreja de S. Paulo a 18 de Dezembro de 1678. Foraõ seus Progenitores Bartholameu da Costa, e Maria da Encarnaçaõ. Estudou na Universidade de Coimbra Jurisprudencia Cesarea em que recebeo o grao de Bacharel, e depois de aprovada a sua sciencia legal no Desembargo do Paço servio alguns lugares assim no Reino, como na America. Preferindo o estado Ecclesiastico ao Secular o nomeou seu Coadjutor o Eminentissimo Cardeal Patriarca de Lisboa D. Thomaz de Almeida sagrando-o com o titulo de Arcebispo de Lacedemonia em a Santa Igreja Patriarcal a 19 de Fevereiro de 1741. Falleceo na patria a 23 de Outubro de 1742. Nos seus primeiros annos, como tivesse genio para a Poezia vulgar publicou

Aplausos aos felicissimos annos do Serenissimo Principe D. Joaõ nosso Senhor. Lisboa por Antonio Pedroso Galraõ 1700. 4. He glossa ao Soneto 21 de Luiz de Camoens, que principia. Os Reinos, e Imperios poderosos. Depois huma Cançaõ e hum Soneto.

 

 [Bibliotheca Lusitana, vol. III]