LEONEL DA COSTA nasceo em a notavel Villa de Santarem no anno de 1570. Foraõ seus Progenitores Domingos da Costa, e Catherina Vaz. Ainda que professou a vida militar nunca interrompeo o comercio com as Musas que sempre experimentou benevolas para todo o genero de metrificaçaõ. Teve profunda intelligencia das linguas Grega, e Latina, como vasta liçaõ dos Poetas. Conciliou as estimaçoens de todos que participavaõ da sua conversaçaõ igualmente judiciosa, e jovial. Casou com Francisca Rodrigues da Serra sua parenta a 8. de Mayo de 1594. Falleceo na sua patria a 28. de Janeiro de 1647. quando contava 77. annos de idade. Jaz sepultado na Parochial Igreja de S. Juliaõ junto da Capella de N. Senhora da Piedade da parte do Evangelho em sepultura raza, onde descançaõ os corpos de seus pays com o seguinte epitafio

Carnis resurrectionem expectantia hic jam pulvis quiescunt ossa Dominici Ácosta ac ejus charissimae, & vitae integerrimae confortis Catherinae Vasiae, amborum que filij Leonelli Ácosta, at que Franciscae Rodericae Serranae ejus unicae uxoris, & haeredum.

Fazem delle memoria Joan. Soar. de Brito Teatr. Lusit. Lite. Lit. L. n. 10. D. Franc. Man. Cart. dos AA. Portug. ao Doutor Themudo, e Vasconsellos Hist. De Sant. Edific. Part. 2. pag. 254. Compoz.

Eclogas de Virgilio, e Georgicas traduzidas em Verso solto Portuguez, e commentadas nos lugares dificultozos. Lisboa por Giraldo da Vinha 1624. fol. A esta obra faz a seguinte Censura o Mestre Fr. Thomaz de S. Domingos da Ordem dos Pregadores Qualificador do Santo Officio Ao qual naõ quero por nome de traduçaõ somente, mas eu lhe chamo nova composiçaõ, e livro novo, porque como he em Verso, e taõ dificultozo, como os peritos na Arte da Poetica podem ver, bem se collige da sua dificuldade ainda quanto á materia, porque he muito dificultozo aplicar a fraze Grega, e Latina á nossa materna lingua Portugueza, no que o Author se mostra naõ só bom Latino, mas bom Grego, cousa taõ nova em nossos tempos. O Commento do livro está cheyo de varias humanidades, e muitas curiosidades que ainda, que fabulosas, naõ será o tempo, que se nellas gastar ocioso, porque álem de sua elegante, e subtil liçaõ tem muito aparelho para o nosso engenho se exercitar nas divinas verdades &c.

Conversaõ miraculosa da felice Egypciaca penitente Santa Maria sua vida, e morte. Lisboa por Giraldo da Vinha 1627. 8. & ibi por Pedro Vancibecerspel 1674. 8. Consta de Redondilhas.

Comedias de Terencio Aphricano traduzidas de Latim em Verso solto Portuguez com a ordem, e construçaõ do Latim á margem, palavra por palavra. 4.  M. S. O original conserva meu irmaõ D. Jozé Barboza Clerigo Regular, e Chronista da Serenissima Casa de Bragança.

Obras do Padre Fr. Jeronymo Savanarola de Ferra da Ordem dos Prégadores, traduzidas da Lingua Latina em a Portugueza. fol. M. S. Conserva-se em poder de Rodrigo Xavier Pereira de Faria patricio do Author a cuja erudiçaõ deve a Bibliotheca Lusitana selectas noticias.

Ordens da Cavallaria compostas e offerecidas por Federico Grisano Neapolitano ao Cardeal Hipolito de Este de Ferrara traduzido de Italiano em Portuguez por Leonel da Costa onde se ensina a mandar, e conhecer os cavallos, e dedicado a D. Joaõ Mascarenhas. fol. M. S. Conserva-se na Livraria do  Illustrissimo e Excellentissimo Conde de Castellomelhor.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]